jusbrasil.com.br
21 de Agosto de 2018

STF julgará aborto de bebê com zika na próxima semana

Ministros do STF julgarão se o aborto pode ser descriminalizado se a gestante estiver contaminada com o vírus da zika.

Cintia Z
Publicado por Cintia Z
há 2 anos

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, marcou para a próxima quarta-feira, 7, o julgamento que pode decidir se grávidas infectadas com zika vírus poderão abortar seus filhos sem serem punidas por cometerem crime de aborto.

Atualmente, a legislação brasileira prevê permite abortos em caso de estupro e de risco à vida da mãe. Contudo, em 2013, o STF estendeu essa possibilidade às grávidas de filhos anencefálicos, e em decisão recente, no dia 29 de novembro, abriu precedente para permitir aborto até o terceiro mês de gravidez.

A relatora designada para o caso, ministra Cármen Lúcia, pediu o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), do Senado e da Advocacia-Geral da União (AGU) antes de dar prosseguimento à ação. Enquanto a PGR opinou que, caso o julgamento prossiga, a interrupção da gravidez deve ser permitida em casos de zika, a AGU – em nome da Presidência da República – e o Senado se demonstraram contrários à proposta.


Fonte: Canção Nova

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)